Razer revela Project Valerie

by Fiorentina on 05/01/2017
Notícias

Apelidado de “Project Valerie,” este sistema é o primeiro computador portátil do mundo com três monitores integrados. Cada um dos monitores de 17.3 polegadas 4K IGZO estão equipados com a tecnologia NVIDIA G-SYNC™ que é capaz de reproduzir da forma mais suave e NVIDIA Surround View para gaming com 180 graus expansivos. Profissionais de design também podem ficar a contar com precisão de cor Adobe RGB de 100 por cento e a maior quantidade de espaço de monitor alguma vez montado num único computador.

O Project Valerie utiliza um mecanismo de desdobramento automático desenvolvido pela Razer. Cada monitor desliza mecanicamente da lateral do monitor principal e ajusta-se à posição, facilitando a sua utilização. Com suporte para multi-monitor integrado, os utilizadores não vão precisar de lidar com a confusão de cabos que existe nos sistemas de secretária tradicionais. O resultado é um ambiente limpo para gaming e trabalho que é muito fácil de manter.

As complexidades de um sistema tradicional com multi-monitor são uma coisa do passado com o Project Valerie,” diz Min-Liang Tan, Co-Fundador e CEO da Razer. “Igualmente importante, a potência do computador de secretária e capacidades gráficas dos três monitores topo de gama incluídos no sistema. Não existe nenhuma falha no que toca a desempenho face às suas fantásticas caraterísticas e portabilidade.

O Project Valerie é uma adição às capacidades profissionais do novo Razer Blade Pro de 17 polegadas. O sistema foi concebido com entusiastas e utilizadores avançados em mente que querem capacidade de realizar várias tarefas ao mesmo tempo e que procuram desempenho de computador fixo em movimento. Com mais monitores do que era possível até agora em portáteis, o Project Valerie da Razer é capaz aguentar virtualmente qualquer tarefa de PC, em qualquer altura, em qualquer sítio.

O sistema proposto mantém o design icónico da Razer, ao mesmo tempo que acomoda três monitores. Um chassis unibody em alumínio maquinado em CNC mede apenas 1.5 polegadas de espessura e pesa menos de 5.5 Kg. Um transformador AC compacto incluído é muito mais pequeno do que outros em sistemas semelhantes, complementando a mobilidade do Project Valerie.

O Project Valerie mantém o notável sistema de gestão térmica pelo qual a linha de portáteis Razer é conhecida. Uma ventoinha personalizada e permutadores dinâmicos de calor em conjunto com uma câmara de vapor para maximizar a dissipação de calor.

O Project Valerie é o segundo portátil Razer a utilizar os switches mecânicos de Perfil-Ultra-Baixo da Razer. Cada switch tem um verdadeiro ponto de atuação e reset. Os cliques são registados com 65 gramas de força, imitando a sensação dos teclados mecânicos completos. O teclado, o trackpad e os monitores laterais também são Powered by Razer Chroma™, que desbloqueia um fantástico conjunto virtualmente infindável de efeitos luminosos que podem ser personalizados pelo utilizador ou sincronizados com eventos dentro do jogo.

À semelhança do que acontece nos mais recentes sistemas Razer, o Project Valerie equipado com NVIDIA GeForce GTX 1080 excede o mínimo dos requisitos de hardware do HTC Vive™ e Oculus Rift, tornando-o num dos dispositivos móveis prontos para VR mais imersivos para entusiastas e desenvolvedores.

Os computadores de secretária com multi-monitor são cada vez mais essenciais para profissionais, criadores e gamers,” diz Min-Liang Tan, Co-fundador e CEO da Razer. “Pela primeira vez, desenvolvemos uma solução que os utilizadores podem levar consigo. O Project Valerie promete toda a funcionalidade de três monitores sem nenhuma das complicações.

Com triplo monitor, o Project Valerie de 17-polegadas complementa a linha de sistemas premiados da Razer. O Razer Blade de 14-polegadas define o padrão de jogos em portátil, enquanto que o Razer Blade Stealth de 12.5-polegadas, com preço MSRP a começar nos $999, venceu as honras oficiais “Best PC” e “People’s Choice” na CES do ano passado.

A Razer venceu prémios oficiais “Best of CES” com outras inovações em sistemas no passado, incluindo o Razer Switchbalde e os conceitos Project Fiona e Project Christine. O tablet Razer Edge venceu o prémio CES “Best of Show” em 2013, superando mais de 20,000 dispositivos eletrónicos na feira de tecnologia mais prestigiada do mundo.

O que achas do nosso artigo?
Muito Bom
0%
Bom
0%
Médio
0%
Pacifico
0%
Comments
Leave a reply

Leave a Response