Ciência Viva e Fundação Vodafone lançam um cartão, um guia e uma App para descobrir Portugal

by Fiorentina on 28/02/2017
Notícias

 

A Ciência Viva e a Fundação Vodafone acabam de lançar um programa de turismo do conhecimento, que desafia a conhecer Portugal através da ciência e da cultura.

 

Em família ou com amigos, são mais de 200 etapas para explorar em todo o país, com os Centros Ciência Viva como ponto de partida. Com um olhar curioso, uma praia pode revelar pegadas de dinossauros, um passeio pelo Alentejo pode transformar-se numa viagem pelo Sistema Solar e uma caminhada pela cidade pode surpreender com uma arte em extinção.

 

Com um cartão, um guia e uma app, os Circuitos Ciência Viva oferecem entrada gratuita nos vinte centros Ciência Viva, descontos em mais de cem instituições de ciência, cultura e lazer, como museus e monumentos, parques e reservas naturais, grutas e minas, jardins zoológicos e aquários, entre outros, e ainda vantagens em alojamento, alimentação e viagens.

 

A plataforma digital garante um dinamismo e uma atualização constante a este programa. Disponível em iOS e Android, a app inclui mapas interativos dos percursos, lança desafios aos exploradores e permite partilhar as experiências, aceder às vantagens de cada parceiro e consultar a agenda de atividades.

 

«Sendo a Ciência Viva uma instituição de dimensão nacional, com uma rede de 20 centros de ciência bem integrados nas suas comunidades locais, sentimos que podíamos ser os catalisadores de um projeto inovador de turismo do conhecimento. Este é um projeto de natureza sustentável, desenvolvido em conjunto com várias entidades de ciência e cultura, que traz um olhar de futuro, ao mesmo tempo que valoriza a tradição e o património», refere Rosalia Vargas, Presidente da Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica.

 

«Esta aplicação proporciona aos utilizadores uma experiência completa e altamente criativa. Permite não só o conhecimento do património nacional e regional de uma forma mais clara e prática, como ainda possibilita a partilha de viagens, fotografias e saberes. É, acima de tudo, uma forma dinâmica, pedagógica e divertida de descobrir ou redescobrir Portugal», sublinha Mário Vaz, Presidente da Fundação Vodafone Portugal.

O que achas do nosso artigo?
Muito Bom
0%
Bom
0%
Médio
0%
Pacifico
0%
Comments
Leave a reply

Leave a Response